O que é um conto

Por Laizo Artur

Durante algumas postagens eu pretendo orientar sobre como escrever alguns gêneros literários. Muitas pessoas confundem contos e crônicas e, algumas vezes, não sabem diferenciar uma novela de um romance. Para começar, escolhi o conto.

O que é um conto?
Conto é uma narrativa de ficção, ou não onde se cria um cenário de seres, de fantasia ou de acontecimentos. Ele apresenta um narrador, podendo ser escrito na primeira ou na terceira pessoa, personagens, normalmente poucos, ponto de vista e enredo. O conto possui uma narrativa curta, menor do que o romance e possui apenas um clímax.

As características principais de um conto são:
a) História em prosa curta e resumida;
b) A narrativa do conto é precisa;
c) O conto possui somente um conflito, um só drama e uma só ação.
Quais são os passos para a elaboração de um conto?
1- Encontrar um tema – não pode ser complexo. Pode se inspirar no
cotidiano, ou em uma ideia fantástica.
2- Construir os personagens – todos os personagens devem cumprir uma
função. Deve-se pensar em gostos, hábitos, pontos de vista, etc.
3- Definir o tempo – a narrativa pode ser no presente, futuro ou passado
4- Escolher o ponto de vista – narrativa em terceira ou primeira pessoa: O
narrador participa ou não da história?
5- Desenvolver a história – um conto é dividido em três partes: introdução,
desenvolvimento e conclusão.
TIPOS DE CONTOS
1- Conto de Ação: A predominância é a aventura, que é o centro da narrativa,
unida aos personagens e desenvolvida com problematização até o clímax.
Pode ser policial, de heróis e deve ter uma trama bem desenvolvida para
prender a atenção do leitor na aventura a que se propõe.
2- Conto Emocional: O objetivo é gerar uma emoção: terror, pânico, surpresa,
etc. Deve ter um enredo que envolva o leitor e o faça rir, ou chorar com o
desenrolar da trama.
3- Conto Fantástico: Conto popular caracterizado pelo elemento sobrenatural
ou fantástico, em que intervêm seres fabulosos, animais antropomórficos,
objetos mágicos, etc. É uma das formas mais livres de escrever. O conto
fantástico é a construção de um mundo irreal, com situações improváveis
e ações que transpassam a realidade além do humano. Dentro da
literatura fantástica encontramos o terror, a ficção científica e podemos
ter conto de animais: São contos em que os animais são dotados de
qualidades, defeitos e sentimentos humanos. Normalmente eles
desenvolvem a história, falam e interagem.
4- Conto de Enigma e/ou mistério: Apresenta um crime ou um mistério a ser
desvendado. Por esse motivo, essas histórias, geralmente, apresentam a
figura de um detetive ou de alguém que desempenha o papel de
esclarecer o enigma, tornando-se um herói após desmembrar todo o
problema;. A narrativa se estrutura de forma a criar expectativa e
suspense.

5- Conto Erótico: Utiliza o erotismo em forma escrita, cria na mente do leitor
um erotismo que pode despertar desejo sexual. O limiar entre o conto
erótico e o pornográfico depende da forma como será escrito.
6- Conto de Exemplo: São aqueles estruturados pelo antagonismo Bem
versus Mal, uma lição de moral. Histórias infantis são cheias de exemplos
de vida e lições de moral.
7- Conto de Fada: Os contos de fadas têm natureza espiritual, ética e
existencial. Sua origem está ligada à cultura celta e retratam a história de
heróis e heroínas. Não deixam de ser contos fantásticos. As histórias
infantis estão repletas de fadas, bruxas e similares.
8- Conto de comédia: Tem a função de provocar o riso principalmente
através de gozação e zombaria, sua narrativa gira em torno de algo
engraçado, uma comédia. Pode ser inspirado no dia a dia ou em situações
hilariantes criadas no imaginário do autor.
9- Conto Religioso: Caracterizam-se pela presença ou interferência divina.
Utiliza-se a religião como tema central, ou como o fator norteador da
história.
10- Conto de Terror: Dentro da literatura fantástica, é um relato literário
ficcional que visa provocar sentimentos de medo no leitor: a morte, as
doenças, os crimes, as catástrofes naturais, os espíritos e as bestas
sobrenaturais. Encontram-se entre os personagens do terror os serial
killer, os vampiros, lobisomens, bruxas e qualquer ser maligno que tem o
objetivo de disseminar o mal.
Os contos são uma forma de desenvolver a escrita e aconselho a todos os
escritores iniciantes a prática de escrever contos. Existem muitas antologias sendo publicadas
com contos e a participação nessas obras é muito estimulante e divulga o nome do autor.