A Bruxaria na Literatura

A Bruxaria na Literatura

por Mhorgana Alessandra “A Bruxa surgiu à janela da sua casa, como à boca de uma fornalha acesa. Estava horrível; nunca fora tão bruxa. O seu moreno trigueiro, de cabocla velha, reluzia que nem metal em brasa; a sua crina preta, desgrenhada, escorrida e abundante como...
Rubens Francisco Luchetti

Rubens Francisco Luchetti

O grande escritor de pulp fiction brasileiro “Eu não vivo no mundo real. Habito um universo povoado por múmias, vampiros, vampiresas, lobisomens, monstros, seres vindos de regiões abissais ou do além, damas fatais, detetives particulares, mulheres misteriosas. Tenho...
Sob a Máscara do Terror

Sob a Máscara do Terror

Sob a Máscara do Terror “Eu sou um escritor difícil Que a muita gente enquizila, Porém essa culpa é fácil pDe se acabar duma vez: É só tirar a cortina Que entra luz nesta escurez.” Mário de Andrade  Pode-se dizer que escrever é algo que resulta de algum grau de...
Páginas de Sangue

Páginas de Sangue

“E um estranho pensamento me ocorreu, o de que a luz do Inferno deveria ser tão brilhante quanto a luz do sol, e seria a única luz que eu veria de novo”. (Lestat de Lioncourt – O Vampiro Lestat / Anne Rice) por Mhorgana Alessandra Já é de longa data, que a...
Os Escritores Malditos

Os Escritores Malditos

“Existem em todo o homem, a todo o momento, duas postulações simultâneas, uma a Deus, outra a Satanás. A invocação a Deus, ou espiritualidade, é um desejo de elevar-se; aquela a Satanás, ou animalidade, é uma alegria de precipitar-se no abismo.” Charles Baudelaire por...
A literatura do medo

A literatura do medo

“O medo é a coisa de que mais medo tenho no mundo” – Michel de Montaigne Por Mhorgana Alessandra Thomas Hobbes, autor de Leviatã, disse que sua mãe deu à luz gêmeos: ele mesmo e o seu medo. Esse irmão segue ao nosso lado desde sempre e nos acompanha no compasso...