Eu, Tu, Nós, Leitores!

012

Bom dia, boa tarde, booooa noite, pessoa voraz!
É bem verdade que os autores precisam pensar racionalmente como produtores de conteúdo para ser  consumido. Ou seja, o livro é sim um produto, (uma olhadinha na coluna “Conversa Nos Bastidores” do Danilo Barbosa e verás) e como tal, precisa ter um diferencial para atrair o consumidor, no caso, o leitor! Mas, cabe aqui deixar uma coisa bem acentuada: as diferentes formas de vender esse “produtinho lindo”.
Primeiramente vem a qualidade da obra. Sim, porque os leitores (nós, pois também sou uma!), apreciam isso. É o grande diferencial. Qualidade. E não importa o gênero. Um bom texto, revisão e apresentação é fundamental.
Tudo pronto? Vamos lá mostrar o nosso trabalho!

Hoje em dia, o leitor tem acesso de forma muito mais rápida e fácil ao autor que tanto gosta. As redes sociais estão aí para comprovar. E que máximo essa troca, não é? Poder perguntar, comentar, interagir, ver em tempo real o que o criador daquela história que você ama está aprontando, é coisa de outro mundo! E quem é visto é lembrado. E é lembrado para o bem tanto quanto para o mal. E nessas horas grita o alerta: Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cria e cativa!
Existe uma visão bem glamorizada sobre autores que conseguem entrar em editoras médias e grandes. E isso em grande maioria é uma mera ilusão “facebucológica”! O espaço é conquistado diariamente, com 24 horas e meia de transpiração e talvez uns dez minutos de glória. Vivemos numa era em que a informação corre muito rápido e a notícia de hoje é velha daqui a trinta minutos. O mesmo acontece com a imagem do autor e sua obra. Ela precisa estar constantemente trabalhada, então, essa história de “não preciso mais dar minha cara a bater porque sou “abobrinha com carne seca” é tiro no pé. Por isso, preste atenção no leitor. Cada um tem sua particularidade. Existem aqueles que te colocam no colo e querem te mimar pra sempre (ou até você matar o personagem preferido dele). Aqueles que são críticos ao extremo e em tudo! (eu adoro esses!). Aqueles que cheiram livros e aqueles que não se importam em se desfazer de um para ler outro. Aqueles que levantam bandeiras e aqueles que apontam sem dó. Mas todos eles são leitores. Eu também sou! E como amantes de literatura, merecem respeito e cuidado. Segue uma entrevista que fiz com algumas leitoras, e veja como cada uma é única em sua forma de pensar (mesmo quando pensam parecido, TODOS têm suas particularidades).

Obrigada meninas, pela boa vontade em responder.

1- Qual a primeira coisa que você como leitor avalia para a escolha de um livro?

SHEILLA SOUZA: Eu sempre procuro saber sobre o autor(a), avalio as resenhas sobre o livro e as  opiniões de outros leitores… Caso eu já conheça o autor(a) já vou direto para o livro dele. Nem penso duas vezes rsrs… Quando gosto eu leio até a lista de compras dele rsrs.
JULIANA MARIA: Capa é uma coisa que me encanta demais, depois procuro saber mais do livro e opiniões de quem leu para depois eu mesma poder ter a minha opinião.

SABRYNNA SOUZA: A sinopse é essencial pois é ela que te dá a ideia do que o livro fala, então se a sinopse for bem escrita já é chamativo. E se for um livro online como no wattpad também tem a escrita do autor porque já fiquei frustrada com uns livros meio sem pé nem cabeça.

2- Pra você, o que não pode faltar numa boa história?
CAROLINE NONATO:  Para mim não pode faltar bom humor e um enredo envolvente, quando é assim você se envolve e aquele sentimento de ler sem parar não deixa você fazer mais nada a não ser ler. A história tem que te prender de maneira deliciosa, os personagens tem que te conquistar e deixá-la ávida por mais. Amo histórias envolventes e engraçadas.
EDILAINE MELO: acho que conteúdo, livro bom é aquele que te prende, se não tiver um conteúdo bom, o livro tende a não envolver o leitor.
MAYARA SILVA: O que não pode faltar é uma boa construção do livro, tendo começo, meio e fim, principalmente a lógica que o livro precisa ter, e não o famoso “encher de linguiça”. Uma boa história é que nos faz ir a diante, e torna a história maravilhosa.

3 – Como você enxerga o mercado editorial brasileiro? Qual a sua ótica dele?
CASSIA HARTMANN: O mercado editorial ainda tem muito que melhorar, as editoras tem que apoiar e ajudar mais os autores nacionais, visar mais a importância do trabalho nacional para os leitores e se importar menos com a vitrine das lojas que eles vão deixar os livros em destaque. Divulgar com mais eventos literários durante o ano.
SUELI ASSIS: Em uma constante fase de crescimento. Há um tempo atrás haviam muitas dificuldades para o autor publicar um livro, mas essas dificuldades estão sendo superadas. A cada dia que se passa ele cresce, se expande e conquista mais e mais espaço, dando aos escritores mais oportunidades e diminuindo a distância entre leitor autor.

4 – O comportamento do autor em redes sociais e ou eventos, influencia na maneira como você enxerga o trabalho dele?

ELAINE VIANA: Sim, tem que ser autêntico, verdadeiro, até porque tem muito a ganhar ou perder.

LETÍCIA FERNANDA: Claro que sim. Tudo que você faz é um reflexo.
JULIANA MARIA: Sim, com toda certeza do mundo. Quando se é formador de opinião tem que saber o que escreve por aí.
5 – Deixe um recado para os autores nacionais, o que desejar 🙂

SHEILLA: Eu desejo pra os autores nacionais muita inspiração. Que nunca desistam de seus sonhos. Que mesmo diante de grandes obstáculos, façam deles trampolins que os leve a concretização desses sonhos. Vcs são guerreiros, e guerreiros podem perder uma batalha. Mas a guerra sempre será de grande Vitória… Sucesso para todos!!!
SABRYNNA: Gostaria de dizer que se verem um obstáculo pela frente para escrever use-o para dar impulso para chegarem onde querem. Tem muitas histórias boas que não chegamos a ler porque o autor desistiu de publicar pela dificuldade que se viram. Então continuem a nos agraciar com suas maravilhosas histórias, pois estamos aqui prontas para ler.
JULIANA: Não desistam nunca dos seus sonhos.
CAROLINE: Meu recado é que eles nunca desistam, mesmo que seja difícil, para mim todos são vitoriosos por terem chegado onde estão. Tudo é resultado de muito trabalho, dedicação, persistência e amor. Então nunca deixem a magia de escrever fugir de vocês, pois é ela que impulsiona o amor por essa profissão. Amo e me orgulho muito de ver a coragem e o dom de vocês em escrever histórias tão lindas e
maravilhosas para seus leitores. Parabéns e continuem nessa linda caminhada que é transpor sentimentos em palavras.
HURSULA:  Eu só tenho que agradecer a você, autor, que me fez sorrir, rir e gargalhar quando achei que não conseguiria. Que me fez esquecer os meus piores problemas enquanto estava mergulhada em suas histórias. A leitura não me deixou desistir. Graças a você.
EDILAINE: Que vocês possam continuar escrevendo com a alma e o coração, que persistam incentivando autores iniciantes a jamais desistir, é difícil nós sabemos, mais quando vemos pessoas como nós conquistando seu espaço, eu penso, se ela lutou e conseguiu eu também posso, obrigado por nos fazer sonhar e viajar por esse mundo cheio de mistério e repleto de amor.

MAYARA: Estamos juntos, galera!! Brincadeira! Que vocês continuem com esse trabalho maravilhoso, que é divertir, encantar e nos emocionar. Muitos escritores mudaram a minha vida, e me fizeram entrar nessa profissão tão difícil, mas tão gostosa, porque nós criamos outras vidas e histórias que podem mudar outras pessoas. Que vocês lutem pelo espaço de cada um, que um dia todos irão tem o seu  reconhecimento, seja cedo ou tarde. Muito sucesso nessa batalha, e sempre podem contar com os leitores, porque nós queremos que vocês conquistem sempre mais. Obrigada por cada palavra, cada página, cada tempo sentado em frente ao computador, cada final de semana sem passar com a família, noites sem dormir, e obrigada por mudarem a minha vida e a minha visão de pessoa. Vocês são
maravilhosos!
CASSIA: Desejo muito crescimento para o trabalho de cada autor nacional e eu gostaria que todos vocês se unissem mais, não olhar o outro como ameaça e sim como um amigo de trabalho. Um ajudar o outro a divulgar o trabalho, porque se não se ajudarem, não vai ser ninguém mais que fará isso. Pois só um autor consegue entender e compreender o que o outro passa.
SUELI: Histórias são sonhos, antes no pensamento agora escritas e expostas em um papel. E seguindo por esse raciocínio eu digo que continuem sonhando, idealizando, acreditando e escrevendo porque sempre haverá alguém ansioso para ler e viajar nas suas histórias. Muito obrigada, por cada sonho, por cada história!
ELAINE: Obrigada por melhorar a minha vida. Por dividir suas histórias, trazendo aprendizado e me fazendo refletir. Por me levar a lugares, lares… Por me fazer viver amores, sentir dores e conhecer valores. Por me causar mini infarto de tanta expectativa. São seres iluminados que despertam  sentimentos de amor, fé e esperança. Simplesmente obrigada.
LETÍCIA: Se quer exercer essa profissão lembre de que não basta ter uma boa história para contar é preciso saber contar. Tenha carinho e respeito por sua obra, se dedique e principalmente estude. Não pense que pq vc é um leitor já está apto a ser um escritor. Acredite em você.

A SABRYNNA me deixou essa pergunta, vou responder aqui:
SABRYNNA: Como é essa proximidade de ser leitora e escritora, isso muda a sua
escrita? Porque como leitoras temos uma visão sobre o livro que gostamos, tipo: temos
um perfil de livro que gostamos de ler, e ser escritora? Se escreve do que você gosta de
ler ou sobre o que gostam de ler? Queria muito saber isso de você.
L.M. Gomes: Escrevo sempre aquilo que sinto no momento. Hoje em dia tento sempre
dar um passo além, sabe? Tipo me desafiar e escrever coisas que acredito que sejam
necessárias para o contexto e nem tanto pro meu coração de leitora, pode ver isso em
Desejo Oculto (Rico Editora Ed.1 – 2017)*. No começo escrevia sempre o que queria ler e
viver… mas a escrita é uma evolução constante… e que bom!

Um beijo, pessoal! Espero que tenham curtido! Até semana que vem.

Lm Gomes é autora, leitora e colunista. Conheça seus títulos:

20430007_1977241139188546_1653732536145672885_n