A era da pós-verdade

A era da pós-verdade

Por Josy Stoque Nunca me esqueço do choque de realidade que sofri ao aprender as escolas literárias no ensino médio e como isso afetou positivamente a minha vida. até então, a leitura para mim tinha passado de uma obrigação escolar para um prazer sem par, e um escape...
Será que eu sou escritor?

Será que eu sou escritor?

por Erik Thomazi Em muitos momentos da vida nos perguntamos o que podemos fazer para aliviar o stress ou mesmo desenvolver, mesmo que de uma forma rasa, a nossa mente criativa e nos deparamos com algumas linhas escritas de forma a contemplar o que estamos sentindo ou...
O vôo das palavras

O vôo das palavras

por Elza Helena Ao ler um livro, um poema ou simplesmente um texto que destaca a dança como tema principal, logo desperto a sinestesia, a imaginação do cenário, dos personagens, o figurino, a respiração, a transpiração,  os movimentos… Tento associar as...
Na Pele de um Ansioso

Na Pele de um Ansioso

por Roberta Costa A ansiedade é uma emoção bastante comum ao ser humano, porém, quando ela aparece em excesso, pode se configurar em distúrbio da ansiedade e causar prejuízos físicos e psicológicos em diferentes graus. Quem sofre de ansiedade não está simplesmente...
A era virtual e a literatura.

A era virtual e a literatura.

por Clara Magalhães Hoje em dia, tudo se tornou mais prático, através de um toque, e já estamos conectados com o mundo. Isso ocorre em várias esferas, que vão desde os jornais, que podem dar notícias em tempo real. Diferente de um tempo atrás, que tínhamos que esperar...
A Bruxaria na Literatura

A Bruxaria na Literatura

por Mhorgana Alessandra “A Bruxa surgiu à janela da sua casa, como à boca de uma fornalha acesa. Estava horrível; nunca fora tão bruxa. O seu moreno trigueiro, de cabocla velha, reluzia que nem metal em brasa; a sua crina preta, desgrenhada, escorrida e abundante como...
A Essência Do Escrever

A Essência Do Escrever

por Humberto Lima “O historiador e o poeta não se distinguem um do outro pelo fato de o primeiro escrever em prosa e o segundo em verso. Diferem entre si, porque um escreveu o que aconteceu e o outro o que poderia ter acontecido.” – Aristóteles Qual a matéria...
Crônica: com a poesia

Crônica: com a poesia

por Maleno Maia A COLHEITA A meu deleite, amanheci sorrindoPara trabalhar o que me invoca.Será um dia de incentivo,Grande colheita que se dobra. Aprumo, visto-me e subo.Subo freneticamente para o céu.Pasto atrelado e em um puloColho palavras para um papel. A colheita...