WhatsApp Image 2019-01-17 at 12.57.47

Por Erik Thomazi

Antologias são uma proposta de publicação que envolve o encontro de vários contos, tudo numa organização que possa convidar o leitor a participar do seu projeto. Envolve mais do que somente contar histórias curtas sobre um determinado tema: envolve a participação e o encontro de toda objetividade da construção de cada detalhe existente.

Há quem diga que essas propostas são a forma mais prática e rápida de publicações. De fato, podemos dizer que é um bom meio de motivar e divulgar os autores que ainda não têm um livro solo, ou mesmo não possuem o interesse em produzi-lo.

Existem várias formas de antologias que podemos citar, dentre elas as tradicionais, com temas amplos, como por exemplo a temática de terror, amor ou fantasia, como também as temáticas, que são o nosso objetivo de hoje.

Antologia temática é aquela destinada a alguma data, evento ou mesmo comemoração específica. Dentre elas, encontramos em especial contos para Natal, Halloween, Dia das Mães, etc., além daquelas destinadas a alguma campanha, como por exemplo o Setembro Amarelo ou o Outubro Rosa.

A temática da proposta vai para além de trabalhar com a imaginação e o potencial criativo do autor. Ela nos obriga a colocar nossa vida e nossa mente para trabalhar com todo o potencial sentimental que temos e podemos desenvolver. Escrever sobre um tema que vivemos ou conhecemos é sempre uma forma de falarmos de nós mesmos e aí que está o prazer da escrita.

O convite que temos para trabalhar com as nossas emoções é sempre uma forma de lembrarmos de atos e vivências que, em algum momento, nos encantaram os olhos e construíram nossa história de vida. Afinal de contas, quem nunca se alegrou com as comemorações natalinas, por exemplo, ou não se encantou com os desenhos em que as crianças saem às ruas pra pedir doces no Halloween?!

Mas posso dizer com experiência de causa que o mais tocante dessas antologias é descobrir o potencial escondido dos nossos amigos autores. O autor fala muito de si mesmo nos textos que escreve. É o que eu sempre digo, e comigo não é diferente, não!

O amor pela escrita desperta em nós grandes emoções e é para isso que escrevemos: para despertar os sentimentos mais fundos que temos. Vamos escrever e nos emocionar juntos?

P.S.: Falar sobre escrita é sempre uma alegria, mas no próprio dia do aniversário é uma alegria imensa!!!

 

Erik Gabriel Thomazi é paulista, nascido na cidade de Ribeirão Preto, mas reside em São Carlos desde sempre. Nesses seus vinte e poucos anos de existência ainda é jovem na escrita, mas já participou e participa de várias antologias, além de possuir vários projetos em andamento. Fã de Harry Potter, Percy Jackson e afins, procura sempre trazer algo deles em seus textos. Já organizou algumas antologias e trabalha como revisor freelance, além de ser psicólogo por formação e escritor por amor e paixão.