Nós, da Eu Leio Brasil, convidamos o lindo, o maravilhoso, o divo, Marcos DeBritto para  nos contar um pouquinho sobre ele! Saiba como o audiovisueiro literário mais querido do país consegue ter a mesma idade do irmão mais velho e os motivos de seu passado satanista (quem nunca?)! Eis aqui 10 Fatos sobre Marcos DeBrito:

1) Sou formado em cinema e atuante no ramo como diretor e roteirista. Só me tornei autor de livros pelo fato de ser muito caro realizar uma produção audiovisual. Hoje tenho mais livros publicados do que longas lançados e não pretendo parar de escrever tão cedo.
2) Tenho medo do escuro e sofro de paralisia do sono. Se eu contasse as coisas que já vi ou ouvi na madrugada, eu teria um livro de crônicas sobrenaturais que seria capaz de impedir os leitores de voltarem a dormir. Superei um pouco desse medo e hoje durmo de luz apagada, coisa que não fazia até meus 18 anos.
3) Já perdi 40kgs em 6 meses. Passei minha infância e adolescência tendo mais dobras na barriga do que o mascote da Michelin. Cheguei a incríveis 120kgs num corpo de 1,74m. Isso me fez criar uma imagem bem depreciativa sobre mim mesmo e ainda hoje não consigo me olhar no espelho sem que me veja como um obeso.
4) Devo ser um dos poucos autores que não concorda 100% com a frase “para ser um escritor, em primeiro lugar você deve ler bastante.” Acredito que um autor deve ler as coisas certas, que o inspiram e que tragam conteúdo ao que ele escreve. Eu, por exemplo, leio pouquíssima ficção, mas me afundo em livros didáticos, históricos, manuais de bruxaria e rituais de invocação. Acredito que um autor iniciante em busca de uma voz realmente precise conhecer diversas narrativas para formar a sua própria, mas quando já temos nosso estilo bem definido, ler livros demais pode influenciar uma obra quando não deve.
5) Nasci e morei em Florianópolis por muito tempo, mas não gosto de praia. Talvez por ter ido demais quando era moleque, talvez por ter levado muito caldo e ter sido resgatado por salva-vidas na Joaquina, ou porque nunca me senti à vontade tirando a camiseta na frente dos outros. Até curto caminhar na areia, mas de preferência numa praia deserta com o sol se pondo.
6) Não acredito no Criacionismo nem no Darwinismo. Sou mais crédulo nos registros encontrados nas pedras da antiga Suméria. Tenho dúvidas de qual seria minha religião, pois nasci católico (fui batizado e fiz primeira comunhão), virei ateu, satanista poser que só usava preto, espírita, espiritualista e hoje não sei mais. Acredito no que já vi e nas experiências que já tive, mas não considero isso parte de uma religião e sim de diferentes estágios da existência.
7) Planejei, ainda na pré-adolescência, como seria minha vida até os 35 anos e cumpri todas as metas. Disse a mim mesmo que emagreceria aos 18, trabalharia com cinema, teria apenas uma namorada com quem teria dois filhos… Como achei que talvez fosse morrer com essa idade, não pensei muito adiante e me sinto agora um pouco à deriva.
8) De setembro a novembro eu e meu irmão mais velho ficamos com a mesma idade. São apenas 10 meses e 11 dias de diferença, e já ouvi mais piadas sobre isso do que gostaria. Não é que meus pais foram rápidos… tá, isso também. Mas fui um bebê prematuro.
09) Sou meio nômade. Morei em uma casa em Floripa, duas em Brasília, com família americana em um cidade rural nos Estados Unidos e em três endereços diferentes em São Paulo.
10) Minha primeira e única namorada foi a pessoa com quem me casei. Namoramos por 10 anos e casamos no nosso aniversário de namoro. Estamos há mais de 20 anos juntos. Faço bastante comentário e piadas sobre sexo nas redes sociais, mas a verdade é que nunca nem beijei outra mulher. Poso de macho alpha porque gosto de zoar comportamentos dos quais discordo.