portada_eu-escolhi-sorrir_soraya-moraes_201710102014 (1)

O ato de sorrir encanta não só quem prática, mas contagia a todos. A autora Soraya Moraes lançou o livro Eu Escolhi Sorrir, pelo selo Pórtico, da Editora Planeta, para propagar a expressão que é uma verdadeira arma contra a depressão. Para o leitor aprender importantes lições que ajudam a viver de bem com a vida, a escritora elencou 10 filmes, um para cada atitude que você deve começar a colocar em prática!

 

Passo 1 – Decida sorrir
Isso deve vir de sua força interior, é preciso querer sorrir, colocar como meta. E para aprender, podemos contar com a ajuda do filme “Pequena Miss Sunshine”, a garotinha Olive arruma sempre um motivo para sorrir.

 

Passo 2 – Faça uma lista de agradecimentos
Agradecer é um ótimo passo, enche nosso coração de amor e nos lembra que temos muito a reconhecer. E um filme que nos deixa muito claro é “Um Sonho Possível”, em que Michael não tem absolutamente nada, mas é agradecido por sua vida e pelas coisas que aos poucos começa a conquistar.

 

Passo 3 – Volte a estudar
Quando você estuda, cria conexões nervosas, sinapses, caminhos cerebrais, que podem auxiliar no processo e lhe dar o prazer suficiente para poder sorrir, e o filme elencado para demonstrar essa maravilha foi “O Aluno”, em que o queniano Maruge nunca desiste de estudar e, com 84 anos, termina os estudos e se renova, mesmo perto da morte.

 

Passo 4 – Volte a se arrumar ou simplesmente mude
Saia da monotonia e mude! A auto estima muda a perspectiva de vida. Quando nos sentimos bem, saímos sorrindo por aí cantando, não é mesmo? Um filme que cai como uma luva neste contexto é “O Diário da Princesa”, em que Mia Thermopolis se transforma em uma verdadeira princesa, melhora todos os aspectos de sua vida e passa a aceitar-se.

 

Passo 5 – Arranje um tempo para Deus
Se conectar com o divino traz uma paz interior muito grande e isso nos traz grandes alegrias. Existem diferentes formas de se concertar com Deus e isso é importante, conforme é abordado no filme “Quarto de Guerra”. Nesta obra da sétima arte, o enredo nos mostra que oração nos aproxima de Deus, lava a nossa alma… orar não é apenas pedir, mas é deixar a alma respirar.

 

Passo 6 – Faça um planejamento de saúde para o seu corpo
Trate de sua saúde, pratique exercícios físicos, ajude o seu corpo a contribuir com seu belo sorriso. Preguiça para malhar?! Então procure uma atividade física que te de prazer além do benefício da saúde como natação, hidroginástica ou dança, que tal!? O índice de obesidade aumenta na população e todos devem estar atentos. Podemos ver muito bem ilustrado a felicidade que traz o cuidado com a saúde em “Dança Comigo”, o casal maravilhoso nos faz querer sair dançando pela casa.

 

Passo 7 – Faça um poema, um diário, anote o tique-taque do seu coração
Escreva suas dores, seus fracassos e seus sentimentos no papel, eles podem virar um lindo poema e lhe trazer muitas alegrias. Quando extravasamos de alguma forma nossos percalços, tudo fica mais leve. No filme “Gonzaga, de pai para filho” a experiência de Gonzaga é incrível, transforma todas as dores do sertão em música.

 

Passo 8 – Decida fazer algo novo e diferente
Reinventar-se é um dos melhores jeitos de renovar os ares e transformar o seu dia em uma experiência feliz. Viaje, saia para comer, vá a um parque, arrume um novo hobby. Isso é extremamente importante para torna-la uma pessoa mais motivada. No filme “Os Intocáveis” a experiência dos personagens é incrível, nenhum dos dois jamais sorriu tanto e fizeram coisas que não estavam acostumados para serem felizes. Vale a pena ver!

 

Passo 9 – Faça uma lista de 10 coisas que te deixariam feliz e ponha-a em prática
O que te faz feliz? Coloque em uma lista e busque seus sonhos. Os personagens de “Antes de Partir” fazem isso e vivem experiências incríveis. Muitas risadas são motivadas pela alegria de realizar sonhos.

 

Passo 10 – Perdoe, peça perdão e decida que não vai deixar ninguém roubar a sua felicidade
Viver com amarguras de coisas do passado não leva a nada. Para sermos felizes, precisamos perdoar e encontrar a paz. No incrível filme “A Cabana”, o personagem tem todos os motivos do mundo para não perdoar as pessoas que lhe fizeram mal, mas em um ato de amor e fé, ele consegue sentir o perdão.

Não podemos esperar a vida se esvair para aprendermos a sorrir, é preciso sorrir agora!